O Rio de Janeiro recebe, entre 12 e 16 de outubro, no Riocentro, o 37º Congresso Brasileiro de Pediatria (CBP).  Organizado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) em parceria com a Sociedade de Pediatria do ​Estado do Rio de Janeiro (Soperj), o evento reunirá congressistas que vão poder se atualizar com cerca de 270 palestrantes brasileiros e estrangeiros e participar do I Fórum Internacional de Educação Pediátrica. 

Em paralelo ao CBP serão realizados o Simpósio Internacional de Dermatologia Pediátrica (Dermaped) e o I Simpósio de Medicina do Adolescente.

Entre os principais temas do congresso estão: morte súbita na infância, triagem neonatal, estresse e queda de imunidade, atenção à criança com risco de violência familiar, doenças neurológicas e prevenção de aterosclerose. Além disso, haverá apresentações de trabalhos e pesquisas em 28 áreas, que incluem amamentação, adolescência, infectologia e pediatria do comportamento. 

As inscrições ficam abertas até 30 de setembro e podem ser realizadas no site www.cbpediatria.com.br.

Simpósio Internacional de Dermatologia Pediátrica (Dermaped)

Programado para os dias 12 e 13 de outubro, o encontro discutirá  diferentes tipos de doenças de pele comuns na infância, como dermatoses e lesões vasculares. 

Um dos destaques do Dermaped é a conferência sobre a base genética e a melhor forma de manejo da dermatite atópica, apresentada pelo professor John Harper, do Institute of Child Health, da University College London. 

Os interessados devem se inscrever no site www.dermaped2015.com.br.

I Fórum Internacional de Educação Pediátrica

O I Fórum Internacional de Educação Pediátrica será realizado no dia 14 de outubro com o objetivo de debater o exercício da pediatria no século XXI. Os mediadores são representantes dos países que integram o Fórum Permanente das Sociedades de Pediatria do Cone Sul (Fospecs) e dirigentes do Global Pediatric Education Consortium (GPEC) — organização que reúne entidades como a Academia Americana de Pediatria, o Colégio Real de Pediatria e Saúde Infantil do Reino Unido, e a SBP. Entre os pontos altos estão o novo currículo pediátrico global e a residência de três anos em pediatria.

I Simpósio de Medicina do Adolescente

O principal painel do I Simpósio de Medicina do Adolescente vai discutir a transição do paciente com necessidades especiais, maior de 20 anos, da pediatria para o médico especializado. Na pauta estão ainda temas como sexualidade e saúde reprodutiva, atividades físicas e uso de anabolizantes, autoimagem e as questões psicológicas do jovem e educação alimentar. 

O simpósio ocorrerá nos dias 14 e 15 de outubro. Profissionais e estudantes de medicina, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas e enfermeiros podem se inscrever pelo site www.adolescencia2015.com.br.